Por que há questões que são melhor respondidas com novas indagações!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Uma caverna Wireless, por favor.


Estou muito determinada a manter esta visão positiva da vida. Estou confiante, alegre, decidida, entusiasmada! As adversidades não são mais capazes de me derrubar.

Claro que isso dura até a próxima TPM... quando o mundo deixará de me amar, os carrascos me perseguirão, minha vida não funcionará e nada dará certo para mim...

Como pode? Sou uma mulher moderna, bem resolvida, produtiva, inteligente, um cérebro pensante. Ou quase, por que na verdade quem manda neste ser são os hormônios... Eles conseguem me definir. Eu posso tomar a resolução que for, quando vai chegando aquela semana... Não tem reza forte que mude meus pensamentos...

Que horror!! Ao me dar conta disso, percebo que eu posso usar muito bem um computador, posso dividir tarefas domésticas com marido, posso engrossar o mercado de trabalho em uma função antes masculina, ou qualquer coisa que me defina como mulher do século XXI. Quando vou menstruar descubro que não há diferença daquela mulhosapiens de origem ... Sou guiada por "instintos" primitivos...

Então, já sabendo disso, tento marcar reuniões importantes e outras coisas para a semana boa, evitando a semana má. Sim, a vida se processa deste jeito: semana boa, semana mais ou menos, semana mais para menos e semana MÁ. Como não tenho toda essa autonomia sobre minha vida profissional (manda quem pode, obedece quem tem juízo, mesmo que de TPM), nem sempre consigo. Aliás, acho que há uma conspiração astral que coloca o calendário de eventos tensos e inadiáveis para esta semana. Adivinha quando cairá minha defesa?!

Sou apenas uma mulher das cavernas habitando um apartamento... moderníííssimo, por sinal!

Beijos felizes da semana mais feliz do mês!
Tati.

25 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Meu mês também passou a ser dividido assim hehehe
Não sei por que só depois de velha. Quando era mais nova, lá pelos 30 anos, não tinha esse problema de TPM.
Será que foi com o nascimento da filha?
Boa pergunta pro meu médico!

Boa semana pra voce

=)

Fernanda disse...

ahahahah...um divisor de águas, digamos assim! Mas até que vc tá levando de boa, senão já teria quebrado seu computador!!!
tipo, rola informar pra gente, a data sempre? brincadeiraaaaaaaaaaaa
bjao!!!

Eliane disse...

É a gente tenta tenta mas no final os hormonios sempre vencem!!!! Alice pra mim só na outra semana. beijos da Eliane.

lynce disse...

Sim, TPM... A Temporada Provável de Mísseis... É a semana em que vocês ficam irritadíssimas e o mundo corre perigo de confronto nuclear...
Beijinhos em ti minha amiga e desculpa esta brincadeira, mas sabes como é, eu adoro brincar:)))

c r i s disse...

Oi Tati, minhas semanas também estão assim...como pode sobrar só umazinha semana boa?? Não é o fim?? As ezes penso se não vale a pena simplesmente parar de menstruar...af!! Bjinho e boa semana boa!!

Jane Murback disse...

Gata, e eu que tenho TPósM?
A médica disse q era normal (acho que ela pensou: sou eu doida de dizer o contrário?)
Envelhecendo e aprendendo.

Bjo

Tati Pastorello disse...

Lynce, esta semana pode. Perigo seria brincar daqui há duas... guerra declarada daqui há três! heheh
Beijos.

Tati Pastorello disse...

Nanda, nem preciso informar. Pelo astral das postagens dá para ter total noção: Muitos pontos de interrogação = semana ruim; Muitas exclamações = semana boa. E faça os devidos ajustes para as intermediárias... hehehe
Beijos!!!!!

Cadinho RoCo disse...

Pois eu hoje só consigo distinguir a boa semana da má quando daqui de Belo Horizonte vou embora para a beira do mar.
Cadinho RoCo

disse...

Ahhhhh...a eterna briga entre a teoria e a prática. Querer e agir, eita hormônios para nos impedir heim???? Boa sorte para nós!!!

Drix disse...

Amei seu blog!!!
Já estou seguindo..]
bj

Ciene disse...

Menina acho que sou uma mulher de muita sorte, quase rara, rssss
Nunca tenho TPM, e quando por desventura ela resolve dar as caras eu fico toda borocoxô e deprê, quase nunca tenho vontade de esganar alguém...ainda bem!

Um beijo e FELIZ SEMANA FELIZ!!!

Meri Pellens disse...

Por isso a Lua é símbolo da mulher, em todas as suas fases...
Bjos na alma, querida!

efeitoseconceitos disse...

Tati querida,
Desconfio que eu entrei no meu inferno astral pois no meu caso não é a TPM. É o meu di-a-dia estressante demais que parece estar querendo me matar. A única coisa maravilhosa esses dias tem sido a convivência com amigas como você, com as quais eu choro, me divirto e dou bastante risada, como agora com o seu post e a foto
que ilustra o mesmo.
Bjo
Yoyo

Lucia Cintra disse...

Oi Tati, voce me fez rir com esse post, mas eu nao acredito muito em TPM, sabe? Tudo bem que os hormonios influenciam um pc, mas acho que a maioria das "crises" de certas pessoas, eh mais psicologico do que qq outra coisa. Eu tenho meus momentos, mas nao necessariamente nessa epoca do mes. Acho que nao tenho TPM.

Gostei bastante do seu cantinho, estava aqui no trabalho ontem lendo um monte de seus posts, mas nao tive oportunidade de comentar ate agora. Prazer em conhece-la e obrigado pela visita no meu cantinho!

bjos, Lu

Violeta Nascimento disse...

rsrsrsrs...que doidera essa tal de TPM...sabe, meu filho tem 16 anos e quando eu respondo de forma estranha prá ele ele já fala
"mãe, TPM de novo?"
beijos
vi

Tati Pastorello disse...

Pois é, Violeta, esse é o mal de falar de TPM. Eu pensei muito antes de postar o assunto, por que não gosto quando reclamo de algo e dizem: "É TPM, logo passa" Ah, não. Posso ter TPM, mas não sou bipolar. O que acho ruim com TPM é o mesmo que acho ruim sem, só que nesta época uso lente de aumento...
Beijos.

Taia Assunção disse...

Você não é a única...hehehehe. As vezes fico com dó do marido, mas eu não fico brava. Fico chorosa. Ele que jamais briga comigo, jamais altera a voz, é só olhar de um modo diferente que já abro o bocão. Se é que ele olha mesmo diferente, não há um único mês que eu não chore. É saudade dos filhos, é saudade e preocupação com os pais, é a casa que ainda não saiu, o passaporte com o visto que ainda não chegou. Lido bem com todos esses fatores por três semanas, mas na quarta quando a "dita cuja" vai chegando eu choro, e choro e choro...hehehehe. Pobre do marido. Beijocas!

lynce disse...

Olá Tati!
A Estátua que viste é a do Cristo Rei e localiza-se na Margem Sul de Lisboa. Alguém se lembrou, para comemorar, mais um campeonato conquistado pelo Benfica, de a cobrir com um manto vermelho a cor predominante do clube. Aqui fica a explicação:)))

Angélica Lins disse...

Querida Tati, fico feliz que os ventos tenham soprado você para o caminho do Vórtice. Agradeço seu atencioso e gentil comentário e quero dizer que a recíproca é verdadeira, pois também gostei muito daqui.
Interessante que com apenas algumas poucas excessões,o post da TPM mobilizou quase todas as mulheres que comentaram. Falo da minha inclusive, na descrição do meu perfil lá do blog. =)
Um grande e caloroso abraço!

Cris França disse...

você é otima Tati
vou passar um tempo no fundo da caverna também...rs

um beijo pra vc e obrigada por tudo!

Irene Moreira disse...

Tati
Acho que estou precisando muito de passar uma temprada nessa caverna...só vc para me fazer dar umas boas gargalhadas.

Beijos

Glorinha L de Lion disse...

Tati, vc é incrível! sabe que hoje estou te lendo com calma e te redescobrindo, agora pra valer?
Mulher tu é inteligente demais da conta....coisa rara por essas paragens...abafa....mas é que vc escreve com um humor incrível, de maneira clara, objetiva...tô bege...como diz a outra....bege de alegria por ter te descoberto...um pouco atrasada, mas descobri..uhu!!!!
Bjs.

Santinha disse...

Ola Tati
Prazer enorme conhecer vida inteligente na internet!
Apenas algumas conclusões:

Tive TPM minha vida toda, e agora passo pela menopausa - Não é tara, mania ou doença - é só a envelhescência chegando ok?!.

But, com a ajuda da ciência, e com a ajuda desta vara virtual repleta de informações, as mulheres da minha geração que fizeram a verdadeira revolução sexual chega à menopausa com energia e cheia de projetos. Tem calorões sim, irritabilidade, aumento de peso, dores de cabeça, muita vontade de sumir pra uma ilha deserta, ou melhor, entrar para dentro dessa caverna (só estou em dúvida quanto a levar ou não o note book, mesmo sabendo que já providenciou o wirelles). Então, ainda há momentos que dá vontade de sumir e dar adeus até para aquele nosso companheiro que agüentou anos a fio a nossa TPM pobre coitado).
Não é mole não minhas amigas.

Passamos (nós cinquentinhas) os últimos 30 anos mudando o mundo e isso dá muito trabalho.
Depois de viver intensamente a revolução sexual, ter meu primeiro filho em plena contracultura dos anos 70, conquistar espaço, um lugar ao sol no mercado de trabalho... Enfrentar algumas mudanças no organismo... hum...deixamevê...Eu agüento mais essa.

Agora,devo confessar que só resta aprender e descobrir como vou me virar depois dos 50 e ainda reconhecer o que é lixo cientifico e o que não é.

Mas revolucionárias como sempre fomos, e ao contrario de nossas mães e avós encaramos a nova fase com bem mais energia sem perder nosso charme.
Estamos envelhecendo sim, mas os novos 50 anos são certamente mais jovens independentes e bem resolvidos (um trabalho a menos para vocês ok?!).

Podemos ir às academias, usar cremes e ácidos rejuvenescedores, não abdicar da vida sexual e da realização afetiva e nem pensar em se aposentar ou ficar em casa fazendo sapatinhos de crochê para os netos. "Nossa geração de 50 anos já mudou a forma de envelhecer". É fato.

Ao mesmo tempo em que berramos aos quatro ventos que estamos na menopausa, definitivamente não somos mais carta fora do baralho, aproveitamos a vida e nossas próprias conquistas com sabedoria e tranqüilidade, e a nossa TPM (tranqüilidade Pós Menopausa) é sem sangue e sem ataques de nervos.

A grande recompensa por ter 50 anos em uma sociedade que vive e respira o culto ao corpo é que você se importa menos com a crítica e tem menos medo do confronto.

Beijos e boa sorte a todas!

cantinho she disse...

hahahahahahahahahahahaha muito bom!
Bjo, bjo! ;)