Por que há questões que são melhor respondidas com novas indagações!

terça-feira, 20 de abril de 2010

As oportunidades que não agradecemos


Sabe aquelas coisas que acontecem em nossas vidas e parecem problemas? Muitas vezes elas estão nos salvando. Quase nunca temos a oportunidade de descobrir isso. Poucos são aqueles que não embarcam no avião que irá cair, ou que são poupados de situações que vão virar notícias e aí sim, saberão que foram agraciados.
Nem sempre são situações tão graves assim, mas elas ocorrem aos montes em nosso dia a dia e nem nos damos conta. E reclamamos delas ainda!
Vou contar uma que tem data certa. Não há como esquecer.
Estávamos na casa de minha mãe. Tivemos uma reunião e buscávamos o Bê. Era uma terça-feira, quase 10h da noite. Então, quando já no portão, a fechadura caiu na mão de meu marido. Como deixar a casa de minha mãe com o portão escancarado a noite inteira? À luz de lanterna, com muito custo, meu marido conseguiu recolocar a fechadura. Eu, que sou uma mal-humorada e detesto contratempos, fiquei dali, reclamando da sorte. Louca para chegar em casa, carregada de bolsa, mochila, criança dormindo no colo...
Tarefa cumprida, fomos para casa, que é relativamente perto. Quando estávamos na entrada de nosso prédio, faltou luz. Tivemos que subir 9 lances de escada. Que azar, né?
Era o dia 10 de novembro do ano passado. Dia do apagão que deixou nosso país às escuras por mais de 6 horas.
E onde está a oportunidade a se agradecer? Se não fosse a fechadura caindo nas mãos de meu marido teríamos ficado presos no elevador. É ou não é para agradecer?
Agora tento me lembrar desta história, e de tantas que nos contam, e reagir positivamente aos imprevistos. Tem dias que esqueço disso, é bom estar sempre me lembrando!
Um beijo a todos,
Que o acaso continue nos protegendo enquanto andamos distraídos...
Tati.

12 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Pura verdade, Tati.
Temos que ser agradecidos a tudo o que não vemos!
Há sempre uma Mão Mestra que nos guia.
Que eu me lembre sempre disso...

Beijo

=)

Meri Pellens disse...

Minha amiga, procuro sempre pensar assim. Não é fácil, mas sei que por trás de tudo sempre há uma boa razão.
Bjos na alma!

Lu Souza disse...

Tati,
Estas coisas acontecem mesmo. Mas sabe que sou super supersticiosa. Então, quando uma coisa dá errado em um primeiro momento, sempre penso de que ela está me prevenindo.
Já aconteceu de estar pronta para viajar e algo sair do planejado. Eu logo penso: não é pra eu sair, não agora. Dito e feito!
Eu procuro sempre ver o lado positivo das coisas (claro, nem sempre consigo).
bjooooos

c r i s disse...

Mutio verdadeiro isso, ás vezes desejo com tanta força alguma coisa, que talvez nem vá ser tão bom assim prá minha vida...sabedoria amiga, para distinguir...bjo!!

Fala Mãe! disse...

Sabe Tati, eu já passei por coisa parecida, fui buscar marido no trabalho e ele atrasou pra sair, e qdo chegamos tava sem força no bairro, subimos os 7 andares, depois pensei: melhor do que ficar presa no elevador. Mas que é didícil manter o bom humor durante os contratempos é né? Vivendo e aprendendo...beijos querida

Montardo disse...

Obrigado pelo teu comentário no Aprendendo a Vida, foi uma ótima contribuição ao texto. Aliás, este texto teu sobre as oportunidades do nosso dia a dia também é uma excelente contribuição para todos nós, pois nos leva a pensar de forma diferente, e isto sempre é algo positivo. Um abraço!

Cris França disse...

Acredito muito nas forças invisíveis que nos protegem e nos reservam de males maiores, quer seja o nome que demos a isso, com certeza alguém cuida de nós. bjs querida!

Luci Cardinelli disse...

Você está certíssima amiga! Tudo depende do ponto de vista que olhamos o que nos acontece.

Tati eu concordo com você que a idiota não era eu, mas no momento que acontece é assim que você se sente. Hoje? Ele é um babaca e foi quem mais perdeu com tudo isso.

beijão e que bom que gostou do texto. Vou dar uma lida na sua indicação.

Irene Moreira disse...

Tati
Olá que bom estar aqui e aprender um pouquinho mais em savber viver e agradecer.
Vim do Vida , li seu comentário no post Amor e respeito, fui no Conto de Contar Contos e abrir meu coração pelo post de amor em pequenos potes - adorei a Cris e agoro chego e completo meu dia e vou dormir sonhando com os anjos.

Beijos

Chelle disse...

E como isso acontece hein Tati...

É incrível como nos safamos de tantas situações ruins com estes pequenos contratempos que chamamos de azar.

É bom colocarmos a mão na consciência de vez enquando e cair na real de como as coisas tentam se encaminharem para o bom e certo.

Sorte? Destino? Anjo da guarda, chamem isso do que quiser, mas temos mais é que acreditar na "sua existência".

Bjo bjo!

Chica disse...

Tati, as coisas nos acontecem e sempre algum motivo parecem ter. Na hora, enlouquecemos, depois vemos.Beijos,tudo de bom,lindo dia!chica

marcelo dalla disse...

Adorei!!! Confiar, confiar, confiar na inteligência Superior que sabe sempre o que é melhor pra nós.
bjos