Por que há questões que são melhor respondidas com novas indagações!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Conversando com o espelho

Tenho a sorte de ter feito grandes amigas na vida. Tem uma em especial que já não considero uma amiga. Nós dizemos que somos espelhos. Não somos idênticas (só em algumas coisas), mas nos entendemos plenamente, na verdade essa definição tem mais a ver com outra coisa. Sabe aquelas coisas que só contamos para o espelho? Sabe aquelas nossas pequenas falhas de caráter que escondemos até de nós mesmos se pudermos? Então, estas coisas nós podemos confiar uma à outra, e confiamos com frequência. A gente se entende no olhar, na voz, no pensamento.

A gente pode dizer tudo, e qualquer coisa, sem medo do julgamento da outra. Que pode nos criticar e aceitamos sem milindres (só quando é entre nós - não tente fazer o mesmo em casa), por que sabemos que é pelo bem.



Eu sei que já mudei o rumo da história dela algumas vezes e ela muda a minha vida o tempo inteiro, e já até tirei postagem do ar só por que ela achou que eu estava me expondo demais. Ela é escorpiana como eu!!

Mais sorte do que tê-la como espelho é tê-la como colega de trabalho. Assim, eu faço o que gosto e com quem gosto! Apesar de, neste momento, trabalhar mais de casa do que em nossa sala, a gente se fala todo dia, faz reuniões pelo msn ou google talk e nos ligamos muitas vezes. Sinto uma falta imeeeensa do contato, da rotina, da presença física, dos almoços no melhor restaurante que se pode imaginar (o Laboratório Culinário merece post. Podem cobrar!), dos nossos cafés com desabafos e risadas, dos dias de estresse por que nosso chefe está cobrando mil coisas, dos dias divertidos por que nosso chefe está de ótimo humor e também é grande amigo...

Ontem eu telefonei para ela no meio de um trabalho que fazíamos e um dos filhotes dela atendeu (sim, a louca tem dois... kkkk). Falar com o Fred, que está prestes a fazer 6 anos, foi tão legal. Eu disse:

- Olááá, é o Fred?

E ele repetiu um olá igual ao meu. Eu continuei conversando com ele, deixando claro que sabia que era ele do outro lado. Ele deu uma gargalhada tão gostosa, tão feliz por que a ligação era para ele! E quando a Alê pegou o telefone a única coisa que eu consegui dizer, sob forte emoção, foi: "Eu amo seus filhos"!

- Também amo o seu. É como se fosse um pouco filho também.
(não são lindos?)

A resposta dela não poderia ser outra, não por média, mas por sentimentos recíprocos e verdadeiros.

E fiquei pensando, que somos mesmo um pouco leoas ou leitoas. Não me entenda mal sobre isso É que como estas fêmeas, somos capazes de amamentar e proteger as crias daquelas que fazem parte de nossa matilha (? Ih... qual o coletivo de leitão e de leão?). E fazemos isso com muito amor e desprendimento. Mas no caso da Alê é diferente, não é como pensar no filho da amiga, é como pensar no reflexo do meu filho no espelho!

Eu sei que o momento que relatei pareceu bobo, e foi, mas a emoção que senti... nem sei explicar...

A Alê é aquele encontro que não poderia deixar de acontecer em uma vida, sabe? Ela da novo significado à minha com frequência. E eu sei que faço o mesmo por ela. E entendendo o que disse Djavan,  "se tivesse mais alma para dar, eu daria".

Hoje não fiz rir, né? Mas escrevi com muita emoção mesmo... Para compensar, contarei uma piada depois, tá?

Beijos a todos,

23 comentários:

Mirian disse...

Linda declaração de amizade! Incrível, mas eu sinto por essa menina um carinho enorme! Nós sabemos onde encontrar a explicação,não? Sempre penso na música"onde eu possa guardar meus amigos, meus discos e livros ". Ah! Eu quero uma casa no campo!!!

Drix disse...

Que post Lindo!!!! Queria ter um amiga assim também, hoje em dia é tão difícil, não é mesmo?
Que leãozinhos mais fofos!!!!!
rsrssrsrrs
bjos

Kamyla disse...

Nossa que homenagem linda...é difícil demais encontrar um espelho...e quando vc quase acha q encontrou, o espelho se quebra... em pedacinhos bem pequenininhos...e por mais q vc tente colar, não tem como...7 anos de azar!!!!
Agradeça a Deus todo dia por essa linda amizade... vc é iluminada por tê-la.
Grande abraço e amei seu texto...causou um grande momento de reflexão,rsrsrsrsrs.

Cris e Nanda Doces disse...

Eu tb tenho meu espelho. E ela tb se chama Alê.
Adorei esse post.

Anônimo disse...

Bom dia TATI,

Quando a gente consegue expessar em palavras o que sentimos é tudo de bom!!!
Linda a AMIZADE cultivada por VOCÊ e pela ALÊ.
Isso é algo precioso que se deve preservar, um tesouro...
Veja, essa amizade é tão significativa que chega até os filhotes e desperta boas EMOÇÕES!!Delícia, não???
E o mais bonito é poder dizer com toda clareza não só para ela mas para quem quiser ver e ouvir o quanto é maravilhoso fazer parte da vida uma da outra...
Eu também tenho a felicidade de ter conquistado AMIGAS/IRMÃS.
Fiz mesmo uma postagem recente sobre nosso último encontro.

"A Alê é aquele encontro que não poderia deixar de acontecer em uma vida, sabe? Ela da novo significado à minha com frequência. E eu sei que faço o mesmo por ela. E entendo o que disse Djavan, "se tivesse mais alma para dar, eu daria".
Quero ser sua SEGUIDORA!!
Não preciso dizer mais nada,
Beijos para você e para o pequerrucho,
Regina Coeli

c r i s disse...

Oi Tati, sensibilidade de sentir estes momentos dizem tudo e ficam na memória, coisa linda da vida!!
Amei o seu post anterior sobre a Faber, como disse vc...Dãrhhh, como assim, né? Ninguém consome no departamento de marketing??
E vc, minha amiga, foi genial no texto e na resposta!!
Bjinho!!

Anônimo disse...

Tati, minha irmã de alma! Adoro pessoas com energia boa, gente de caráter, gente em que se pode confiar, gente de conteúdo sincero, gente honesta...gente que honra a vida que Deus deu, e é entre esses que busco e quero sempre estar. Li o blog hoje com o coração leve e feliz! E não posso me manter anônima.Obrigada por fazer parte da minha vida e por permitir que eu faça parte da sua. Obrigada pela amizade, carinho, confiança, sintonia, parceria, respeito e amor sempre presentes. Fico feliz que vc seja uma das pessoas iluminadas que cruzaram a minha vida! Estarei sempre ao seu lado para o que precisar. Te amo, minha irmã querida! Alê

josi stanger disse...

Tati!
Parabéns pelo post, leve e feliz, carregado de emoção e carinho!!!
Manda um beijinho, pra Alê!
Essa coisa de mundo virtual é muito doido... fazemos amizades, conhecemos as pessoas um pouco a cada dia e parece que passamos hora conversando e tomando um cafezinho... pois o que fica aqui na leitura se estende pelo dia todo em forma de reflexão..

beijinho e bom fim de semana!

disse...

Oi Tati, tenho uma amiga como a sua, mais de 20 anos e sei como é bom ter. Adorei seu post.Sua emoção, me contagiou, vou correr lá e deixar uma mensagem para minha amiga. Bjosss

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Amei tua declaração de amor pela tua amiga!
Entendo perfeitamente nossas partes leoa e leitoa hehehe

Tenho uma amiga como a tua, nos entendemos (embora nem sempre concordemos com tudo), sei que posso contar em qualquer ocasião, SEMPRE!

Tão bom isso, né?

=)

Beijo grande!

Maria Izabel Viégas disse...

Tati querida,
vim te agradecer por sua constante atenção e dizer o quanto gosto do seu carinho! Obrigada, muito mesmo!
Belo texto e belíssima amizade. Chega a ser palpável aqui na telinha de tão forte e sincera.
Tive também uma amiga assim, dos 21 aos 35 anos. depois, ela se afastou... teve uma filha que entrou em drogas e , ela sumiu. Foi pra longe... pura bobagem...eu a amava tanto , mas ela preferiu se isolar do mundo. Mas,está aqui, no meu coração, que ainda a espera. Mas, cada um sabe da sua dor... acho que é melhor repartir, ainda oro pela menina e por ela.
Nós nos compreendíamos tanto, tanto... ao ler vc , estou aqui com os "olhos cheios de aguinha", como dizia minha netinha de 5 aninhos, minha Flora. Tenho amigas, mas ela era A Especial!
Menina. és um ser maravilhoso. Nossa, já te gosto muito!
Beijos , linda!
Ah... o post dá pra se rir, sim, das leitoas :)))
bem, meu marido dizia que após ter filhos virei uma leoa. mas leitoa... é muito comédia.
bem, o coletivo de porco = vara(se no pasto), manada, persigal, vezeira; de leão= alcatéia; de leitão = esse é bom: leitegada(se de uma mesma ninhada).
Entonces, somos, membros - juntas - de alcatéia de leoas ; mas , como não somos da mesma ninhada, não seremos parte da leitegada.
Memórias tbém é "cultura" meio q inútil rsss

beijos, MUITOS, minha doce amiga!

Leticia disse...

Tati
Estas amizades são uma delícia não? Eu tenho a sorte de ter algumas amigas fantásticas, algumas que parecem mais minhas irmãs do que qualquer coisa!!!
Obrigadinha pela visita... e respondendo a sua pergunta... achei um post que explica isso, melhor do que eu explicaria... rs:
http://diariomasnemtanto.blogspot.com/2009/04/sapatilhas-famosas.html
Beijos e vou te acompanhar, tá??
lelê

Leticia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Sika disse...

Oi Tati que lindo e parabéns pois cultivar uma amizade assim de tanto tempo não é fácil.
adorei conhecer seu cantinho e já estou te seguindo.
bjs

Mila Viegas disse...

Não fez rir, mas fez chorar... buááááááá.. que lindooooooooooo!!! Sério mesmo, estou com pingos nos olhos.

beijos

Meri Pellens disse...

Eu já tive uma amiga espelho, mas acho que ele quebrou rs.. Na verdade a vida dá voltas e qdo percebemos já tomamos rumos diferentes. Contudo espero que sua amizade seja cada vez mais fortalecida.
Bjos na alma!

Glorinha L de Lion disse...

Ai Tati que post lindo! Tb já tive uma amiga assim, mas uma sociedade numa loja estragou tudo...mas às vezes penso, se fosse de verdade, nada estragaria né? Isso de poder dizer o que se pensa, sem censuras, de nunca achar que está sendo demais ou não estar inportunando, nunca mais senti..é triste isso...pois quando me dou, me dou inteirinha...mas nunca mais encontrei minha "cara metade"...Bela amizade, isso é raro hoje em dia!
Beijos!

Renata disse...

Um super declaração de amor!

Ter um amigo assim de verdade, que não te julga, não te cobra e não te inveja é uma oferta de Deus!

Infelizmente nos loucos dias de hoje, esse tipo de relacionamento está cada vez mais dificil, se não impossível...o que se vê é só o ser humano querendo ser melhor que o outro, e não medindo esforços pra isso!

Deus conserve a amizade de vocês...forever and ever!!!

Um abraço,
Bom fim de semana!

efeitoseconceitos disse...

Tati,
Eu já estou bem e agradeço, de coração, pelo seu carinho e suas palavras.
Quanto ao seu post, eu amo escritos que são feitos em momentos de emoção, porque eles são verdadeiros e intensos, não são programados. As palavras brotam do mais profundo do nosso ser.
Eu também tenho algumas amigas que são espelhos...Que bom é amar e sermos amados por aqueles que adoramos, né!
Bjo no core
Yoyo

Mulher na Polícia disse...

Oi, linda!!!

Que carinho nesse texto!!
Essa amizade de vocês é sim, muito especial.

Vocês são lindas juntas.

Beijos!

Mulher na Polícia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu Souza Brito disse...

Ai que bela homenagem a sua amiga. Tenho certeza que foi puro coração, dá pra sentir assim.
Eu já tive uma amiga assim,quer dizer, ainda tenho, mas agora moramos a 250km de distancia e com a correria (ela é professora e tem um menininho de 3 anos), então a gente mal se fala.
Mas basta estarmos perto e sabemos o que a outra sente só de nos olharmos.
É uma amiga maravilhosa. Adoro muitas outras, mas ela é especial. E é minha melhor amiga desde os meus 11 anos.

Taia Assunção disse...

Que bacana é ter uma amiga assim tão próxima. Tive dois, uma se foi a quase três anos e o outro que está em Maceió levando a cria para conhecer o mar. Domingo nos falamos e ele está maravilhado com as reações da filhota. Ele que viu os meus nascerem e crescerem, me ajudou nos momentos mais difíceis e me amou em todos os momentos. Agora eu o acarinho de longe, curtindo junto as emoções de ser pai de primeira viagem. Beijocas!