Por que há questões que são melhor respondidas com novas indagações!

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Perguntinhas em resposta

Por que filho de peixe...
Nada pode me deixar mais orgulhosa! Meu filho é um menininho curioso, que quer saber o mundo e busca respostas às suas indagações, às vezes para suas indagracinhas.... Mas algumas são de uma profundidade, que me deixam perplexa. Como assim?! Isso é pergunta para um menino de 5 anos?
Então lá vai uma das últimas...

-Mãe, o universo não tem fim?
Minha resposta:
- Não sei. Até onde a gente consegue ver, não tem.


Ele aceitou bem, por que quando desconfia, pergunta ao próximo da fila, e vai neste processo até encontrar uma resposta que o satisfaça.

Agora eu que te pergunto: Você fazia perguntas desta natureza aos 5 anos? Eu, com 5 anos, queria saber o que tinha para a merenda... hehehe
Morro de orgulho!

E já que é para falar do Bê, e das coisas gostosas que ele diz, não quero perder esta.

Ele assistindo um desenho, eu e Vi batendo papo. Ele, querendo atenção, congela a imagem, me puxa pela mão e diz:
- Mãe, vem ver isso. É de rir de rir (morrer de rir)!

Não é de rir de rir? Ai... delícia este pequeno filósofo ...

Beijos a todos,
Tati.

16 comentários:

Renata França disse...

Que coisa mais fofa!!!
Hahahahaha!!!
Mega inteligente e astuto!!!
Que gracinha, parabéns, Tati!!!
Beijão!!!

Taia Assunção disse...

Hehehe...coisa mais linda. Eles vêem cada vez mais espertos, cabe a nós correr atrás do prejuízo e estudar mais...beijocas!

Bordados e Retalhos disse...

Esse Bê. Eta garoto inteligente. Acho que ele vai crescendo e as perguntas vão ficando mais complexas. Bjs

Isadora disse...

Minha amiga, essas tiradas são maravilhosas e ficamos de boca aberta, pois eu fico imaginando de onde sai uma pergunta assim.
São criativos e indagam tudo. E vai lá a gente responder a contento.
Um beijinho

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Seu filho é muito inteligente. Perguntar do universo em tão tenra idade.
Mas se ele é assim, além da inteligência natural, é fruto de uma mãe que pensa ao educá-lo, que incentiva o desenvolvimento intelectual do menino.

Ou seja, nesse caso, é mãe e filho que estão de parabéns!

Macá disse...

Tati
Esse Be...... Cada perguntinha difícil não?
Mas eles são assim mesmo, e como eu já lhe falei uma vez; tente anotar. Depois o tempo passa e a gente tem que fazer um esforço danado pra contar pra eles, as perguntas que faziam quando crianças.
É pra se ter muito orgulho mesmo.
beijos

Cantinho She - Sheila Mendonça disse...

Ahhhhhhh que fofo! Adorei!
Beijo, beijo! ;)

Nilce disse...

Esse Bê, Tati, é o máximo.
Que coisa mais boa do mundo ter uma criaturinha dessas. E essas perguntas???
Que mente ligeirinha.
Deus os abençoe sempre, querida!

Bjs no coração!

Nilce

Paula Betzold disse...

O be é o maximo!!!!
obrigada pelos elogios do photoshop, vindos de vc, que inclusive se ofereceu pra fazer, me deixam toda feliz!!! beijos

Meri Pellens disse...

Que bacana! Tem que babar mesmo rs...
Beijos na alma e abençoada semana!

pensandoemfamilia disse...

Oi
Tati
Certamente. este filho tem tudo a ver com a mama e o papa. É inteligente e vai captando o ambiente.Aja respostas, não é mesmo?
Querida, quero adradecer sua visita carinhosa no niver do meu blog.
bjs

Clau Finotti disse...

A quem será que esse menino saiu? O que não parece o dono é roubado, já dizia alguém no meu trabalho...rs...

Bjocas e vai aproveitando o solzinho aí no domingo prá lavar roupa, afinal é nosso destino mesmo... hahaha...

Lu Souza Brito disse...

Olá Tati,

Já ouvi dizer que caso as crianças de hoje fossem submetidas a alguns testes de inteligencia utilizado na decada de 50 seriam todos considerados genios.
Eles estão por dentro de tudo e tem estimulos para isso né? Coisas que corriam em ritmo mais lento na nossa época.
Beijokas

Tathiana disse...

Essas crianças estão cada vez mais precoces! Eu comecei a perguntar essas coisas de caráter filosófico entre 7 e 8 anos. E minha mãe me achava precoce e, por não saber responder minhas perguntas, frequentemente me encaminhava pra um tio que lia muito, conhecia bastante de filosofia, dentre outros assuntos (e que eu achava que sabia tudo!)... O meu ainda não faz perguntas, tem menos de 2 anos... Mas qd começar, sei que não vai parar. Ele é muito perspicaz.
Bjs.

Cris França disse...

Be é esperto, curioso e lindo! Ricardo meu sobrinho tinha dessas perguntas

um dia me perguntou, tia o que tem na lua?
eu eu que respondi nada
ele me falou, nem buraco tia???? rs ri e expliquei que sim buraco tinha.

bjs querida

Irene Moreira disse...

Gostoso de mais Tati e tem que aproveitar mesmo e resgistrar cada momento desse.

Esse menino vai longe.
Beijos