Por que há questões que são melhor respondidas com novas indagações!

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Como se diz eu te amo?

A Teresa Cristina (Acolher com amor) e a Gilmara (Diário de uma psi), duas amigas muito queridas, sugeriram uma blogagem coletiva com o tema: Como se diz eu te amo.  Se quiser participar, é só escrever seu texto e avisá-las. Decidi participar na última hora, quero contar um episódio de ontem, que pode exemplificar bem o que é dizer eu te amo, sem usar as palavras (more than words). 

A Mari - Mãe Polvo- fez uma postagem com o bolo de caneca que ela fez com o Pedro. Eu e Bê estamos de férias e resolvi fazer com ele também. Foi uma farra na cozinha. Sempre é. Adoramos fazer bolo juntos, mas nunca tinha feito algo assim. Fiquei na dúvida da receita da Mari, por que não tinha fermento. Fui ao google, vi outras receitas, misturei a dela com a do google e fiz a minha (para quem me conhece, sabe que é minha maneira normal de lidar com receitas). 3 minutos de microondas e voilá!

Voilá? Voou mesmo... Um prato de microondas repleto de bolo! Na caneca? Ah, sim, por toda ela! Dentro?... É... também sobrou um pouquinho nesta parte... rsrs
O que fazer? Eu podia chorar, podia raspar tudo e jogar fora, sem nem mostrar para o Bê, mas... por que perder a oportunidade de rir da gente mesmo? Então eu trouxe o prato do microondas para fotografar, e minha máquina até colaborou - a debochada. O Bê esboçou um chorinho, daí falei para ele: "vamos rir, filho?" Quero que ele aprenda agora o que estou levando mais de 30 para aprender... A não se cobrar tanto, a não tentar ser perfeito, a aceitar os erros e aproveitar o que tiver de melhor neles. Principalmente, a não sofrer tanto! E enquanto eu baixava as fotos para mostrar para vocês, eis que um garotinho puxa sua cadeira e, colherinha em punho, começa a COMER o bolo, isso mesmo, raspando do prato do microondas. Disse que estava uma delícia!! kkkkkkk
 

Aquele episódio, que podia ser o fim, o bolo definitivamente não deu certo, e podia ser visto apenas como trabalho extra e frustração, tornou-se um momento divertido. Acho que a gente teve mais oportunidade de rir do que se ele tivesse ficado perfeitinho na caneca. 
Isso faz com que a gente não queira um bolo lindo na próxima vez? Claro que não, mas não estragamos nosso dia, nossa tarde, nosso momento por um evento fora do planejado. Fiquei feliz por conseguir mostrar ao Bê aquilo que ainda tento aprender. E ele entendeu tão bem o recado que no final estava me ensinando (para variar!). 
A lição filosófica? A vida pode ser bela mesmo sobre o leite,ovos,açúcar e farinha derramados! Ah, se pode! E num momento em que estou me reerguendo, e que a presença do Bê tem sido crucial, consegui me superar- por amor- em presença e atenção (não está sendo fácil e natural, mas é verdadeira), e recebi, em troca, o amor mais lindo que se pode desejar. Ao olhar para meu filho, seu sorriso, suas poses para as fotos, curtindo a brincadeira, entendi que ele estava dizendo: "Vamos, mãe, vale à pena. Pode ser gostoso, mesmo que não seja perfeito!". Meu filho sabe as melhores maneiras de dizer EU TE AMO, e aquece meu coração.

Beijos a todos,
Tati.

28 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Tati
comecei a leitura e ri muito, mas ao fim dela estou com lágrimas nos olhos.
Menina, vc é uma pessoa muito especial. Eu teria chorado de raiva, rsrsrsrs, mas não, você aplicou o teu Amor da mais linda forma, revertendo a situação e dando o melhor exemplo que teu filhote poderia ter. Essa é a tua força, está aí, prontinha pra ser usada. Sem pressa, pois é necessário que tudo tenha seu momento certo.
Minha gratidão pela aprendizado que você me proporcionou com tua história.
Beijinhos

Yasmine Lemos disse...

Voltou!!! que bom !
menina que fotos lindas são essas Tati? que menino mais gostoso de cheirar...
um beijão e um fds em paz

Marli Borges disse...

Tati, Voilá!!!! Yess! \O/.

Quando eu era menina minha vó vivia dizendo: "se a vida te der um limão, faz uma limonada". Taí, foi o que você fez. Que aventura hein, essa vai ficar na história. Parabéns aos dois!!! Mas, e o gosto, ficou bom? Acho que não tinha que ter fermento mesmo, também fiquei encucada.
Bjssssssss

Nilce disse...

É desse "eu te amo" que devemos viver diariamente Taty. Esses momentos que de ruins podem muito bem ser transformados em maravilhosos, porque existe Amor.
Um Amor verdadeiro, cúmplice, sem cobranças, sem mistérios, sem segredos.
Adorei as fotos e a felicidade do Bê.
Vocês formam uma família que sabe dizer "eu te amo" o tempo todo.

Bjs no coração!

Nilce

Nilce disse...

Nossa, desculpe o Tati com Y.
Foi empolgação e nó na garganta pelo post maravilhoso.

Bjs no coração!

Nilce

* Jane by Jane... disse...

Ahhh Tati. Leia seus posts anteriores e você só agora vai entender que tudo passa, tudo dá uma lição perfeita cheia de farinha, açúcar e ovos como esta. Foi lindo seu relato. E está sendo lindo ver você crescer 'sem fermento' . A próxima receita 'pessoal' você não precisa mais temer, já sabe como sair-se bem.
Parabéns, você aprendeu. Você se superou querida, linda.
Muitos beijos. Bê você está fofo nas fotos.

Mariana Hart disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... ai Tati, desculpa, mas eu ri muito! hahahahhahah.... e mais fofo é sua maneira de lidar com o estrago, e a carinha dele se lambuzando com a situação! Não foi O bolo, mas o melhor que vcs poderiam ter! E pelo visto valeu a pena né!?!? rsrs...que graça!!

O importante é se divertir!! E da próxima, faz a receita igual!huahuahuauauhauuahua.... AMEII!=)

Beijãooo!

Tatiane Garcia disse...

Linda história de amor Chará!
as maiores declarações de amor são feitas em momentos assim...!!!!!
melhoras pra ti ok?
bjo bjo

lolipop disse...

Tati,
Adorei a sua participação, que foi feita com amor, transborda amor, mas aquele amor limpo e claro, todo ele alegria, e é também uma lição de vida...além de dar dicas sobre o bolo de chocolate de caneca...rsrs
BEIJOS CARINHOSOS
Se cuida, viu?

Teresa Cristina disse...

Tati, fiquei mto feliz de vc participar. Comecei seu post rindo e terminei ele emocionada. A gente vê e sente amor nessas situações, onde um sorriso e a inocência de uma criança é capaz de desarmar aquele medo da vida que o adulto sente. Desejo tudo de melhor para vc e sua família, e o melhor é muito amor, sempre. Beijos querida!

Cacá disse...

Rir das nossas falhas é o melhor remédio para o aprendizado saudável . Afinal, a intenção vale muito mais do que a ação. Um belo exemplo, Tati! Abração. paz e bem.

diariodumapsi disse...

Ei Tati!
Que honra você nos deu com a sua participação!
Dizemos Eu te amo em pequenos gestos do cotidiano, nossos filhos estão sempre nos dando lição de amor! Abençoadas sejam elas e principalmente o Bê.
Obrigada por participar.
Gd beijo

Kamyla disse...

Tati, sempre produzindo textos belíssimos!!!!
Devo ter perdido muita coisa...
Mas qual foi mesmo o problema? Foi pq vc colocou fermento????rsrsrsrsrs
Bjssssss

Sandra Ronca disse...

Tati, que delicia! Com certeza essa é lembrança gostosa que vai ficar. Não a do bolo perfeito.
Beijos no coração.

Elaine Gaspareto disse...

Tati, olha a carinha de gente boa desse menininho!
Cra de gente feliz,um carinha legal.
Tem como não ser FELIZ????

Agora, o bolinho vai fermento não. Se achar estranho bota um pontinha de bicarbonato. A coisa explode porque as micro ondas aceleram demais a ação do fermento... daí bum!
Mas sem bum a diversão seria menor, né?
E o post teria menos charme rsrsrs

Beijosssss

Cantinho She disse...

Mosqueteiraaaaaaaa querida, saudades de vc! Ahhhhh os posts com o Bê são os meus prediletos...

Pausa para um recadinho para o Bê! Lindinho beijo, beijo da Tia She! ;) Adorei ver vc comendo bolo assim, que genial! Beijocas e mais beijocas!

Agora é contigo minha Linda... Amiga você sabe que me emociono sempre por aqui, morro de rir, sinto ternura, enfim, mas normalmente é em cada post e hoje foi um turbilhão de emoções em um único post...

Belo ensinamento, bela mensagem e certamente esse deve ser o MELHOR AMOR DO MUNDO DITO DE UM JEITINHO MUITO ESPECIAL E QUE SÓ ELES SABEM COMO DIZER!

Lindo, lindo, lindo!
Beijo, beijo!
She


PS: Ahhhh que bom que gostou da minha participação, obrigada minha Linda! ;) E estou melhorando, dias melhores e dias piores, enfim... "Vamo que vamo" que atrás vem sempre gente, né?! Aí já viu, tem que correr! Fui! :P

orvalho do ceu disse...

Olá, minha flor
Fantástico!!!
Super original...
Gostei da conclusão filosófica: o amor é muito mais do que o leite derramado,pelo que vi... legal!!! A farinha, o ovo, o fermento devem ser os percalços que ele tem que superar...
Seja feliz e abençoada!!!
Recebe meu abraço com apreço.

Adriana Alencar disse...

Que criança maravilhosa o seu filho, parabéns!
Bj
Adri

Eduardo Medeiros disse...

essas postagem sobre como dizer eu te amo estão ótimas, cada uma melhor do que a outra...

esta então, tati, é sem comentários: bolo na caneca e de microondas? hummmmm se com todo o "desastre" parece que ficou bom(é só ver a carinha do bê)quando der certo então vai ficar melhor ainda.

parabéns pela atitude diante do "bolo derramado". saber rir desses pequenos "desastres" pode ser muito gratificante.

beijos e desculpe a ausência

Camille disse...

Que filhote fofézimo esse teu BÊ! Não perdeu o sorriso com o "bolo derramado".
E eu estou aqui surpresa, pensei que o bolo de caneca fosse uma tentativa de traduçao do "cupcake" Nunca sonhei que tivesse um bolo literalmente dentro de uma canequinha. Quer dizer, quase tinha, hehehehe.
Beijos para voce e sua familia bonita,
Cam

Maria Célia disse...

Olá Tati
Olha esta carinha de peralta e simpática do Bê. Adorei seu texto, sua experiência, sua sinceridade.
Bjos

Ronda disse...

Oi Tati!
Eu gosto bastante do blog da Mariana, esta mãezona é um exemplo de vida. Eu também vi esta receita, e vou passar no mercado no domingo para fazer aqui.

Olha, eu vou seguir a receita à risca e espero que o bolo fique dentro da caneca :-D

Sabe, dependendo da forma como enxergamos as coisas, quase sempre podemos tirar boas coisas de situações que parecem ruins... Não é fácil para mim, mas sempre tento fazer isso.

Ah, aprendemos um bocado com as crianças, não é? É bom te ver feliz!
Abraços!!

Clau Finotti disse...

Oi Tati!
Eu ando lendo seu blog esporadicamente, a rotina tava meio complicadada, e só em janeiro pras coisas se ajeitarem. Espero que não me abandone, afinal adóóóro suas visitinhas e comentários engraçados.

Eu adorei esse post. Vc é sempre tão verdadeira, tão intensa e delicada ao mesmo tempo... e seu anjinho... nossa, como tá um rapazinho! Daqui a pouco te aparece com uma mini-nora...kkkk Se eu tivesse uma filha iria me candidatar a ser sogra do Bê, mas já que não tenho, deixo isso prá outra sortura... hehehe...

Queridíssima, fica com Deus, que seu final de semana seja tudo de lindo!

Bjocas.

Clau

Macá disse...

Tati
Que alegria vê-la por aqui novamente. Estava com saudades da "prosa", mas também preocupada, sabia?
Sobre o bolo, também acho que não vai fermento não. A Nana do Manga com Pimenta, publicou esse bolo uma vez no TV Manga, mas eu fui procurar e não encontrei.
O importante é que você se superou e mostrou isso ao Bê, que imediatamente aprendeu a lição.
Diga a ele, que assim como você, ele também é muito querido.
beijos

Élys disse...

Muito bom este seu post. Acho que o amor é isso mesmo que você tem feito. Doando- se a seu filho em todos os momentos. A meu ver, amor é realmente doação. Parabéns.

Leila Brasil disse...

Amei o post . Fairplay sempre!!!! Curti cada momentinho da tua escrita culminando com a deliciosa mensagem filosófica. Legal!!!!

Ronda disse...

Oi Tati,
Com relação ao bolo. Ainda não me dei por vencido... rsrs... vou tentar de novo no próximo domingo.

Dessa vez, fiz igual a você, olhei algumas receitas na internet com pequenas diferenças nas medidas e nos ingredientes. Será que agora o meu bolo explode? kkkk

Um abraço para você e sua belíssima família!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que lindo esse post! acho que foi o mais bonito que li dessa blogagem. um bolo explode, mas é motivo pra união, amor, o jeito do seu filho dizer que te ama seja com um lindo bolo, seja quando o bolo dá errado. ou seja, é seu filho que te apoiará nos momentos bons e ruins, não importa o que aconteça.

uma beleza! isso é amor de verdade
bom dia Tati!