Por que há questões que são melhor respondidas com novas indagações!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Saber agradecer

"Algumas das maiores dádivas estão nas preces não atendidas" - Garth Brooks

Olá amigos,

Longa ausência, muitas histórias. A maioria delas dentro da minha cabeça. Lembram da frase: "Se suas palavras não forem melhores que o silêncio"? Então, foi um destes momentos. Eu não tinha nada de bom para dizer, ou melhor, eu não conseguia dizer nada de bom. Melhor calar. Foi um período nublado para mim. Andei numa horrível fase de auto piedade. Quer saber por que? Por que estou tempo demais sozinha, e isso me faz só ter meu umbigo para enxergar. Péssimo! As coisas ficam enormes. Tomam uma dimensão despropositada, perdem a perspectiva, parecem insolúveis.

Eu quase sucumbi. Então olhava o sorriso do Bê, e sua vontade de atenção, seu jeito espoleta e carinhoso. O Vi com olhos súplices, numa forte tentativa de entender o que para ele não faz sentido. Eu sabia que precisava mudar. Ele me deu um pacote gigante de vitaminas (por que o desânimo tornou-se físico). Será que estão ajudando? A verdade é que tomei coragem e pedi ajuda. Primeiro por e-mail, para a querida Norma, que veio em meu socorro. Foi generosa e amiga. Em seguida tive coragem de procurar uma amiga de convívio pessoal, também terapeuta, mas não a procurei por isso, e sim por que ela é sensata e alguém em quem confio. Ela se dispôs a me encontrar na mesma hora. Sentamos em um restaurante e só tomamos suco e refrigerante, o importante era conversar. Ela me disse as coisas que podia me dizer, eu entendi o quanto o isolamento vinha me fazendo mal. Ninguém é uma ilha. Eu gosto de interagir, preciso me por em movimento. Quando começamos este processo do isolamento não percebemos, mas ele vai nos sugando. Quando me dei conta, já não conseguia mais interagir nem por aqui. Este retorno é um movimento forçado, sair de casa também tem sido. Depois que me coloco em movimento as coisas começam a acontecer, sempre foi assim.

Fui em busca também de colo de mãe, que sem muitas perguntas me deu o que eu precisava. Sorte maior, um primo que amo muito veio de Santos passar uma semana, e pude aproveitar o afeto generoso que ele trouxe na bagagem.

Então hoje de manhã, ouvi uma música que me fez repensar algumas coisas. E me lembrou do quanto tenho a agradecer. Não sei se conhecem, eu não conhecia. É mágica, e vou destacar, traduzindo ao meu modo, a parte que achei mais interessante:


"Algumas vezes eu agradeço a Deus pelas preces não atendidas. Se ele não atendeu, não significa que não se importe. Algumas das maiores dádivas de Deus estão nas preces não atendidas". 

Se repensarmos nossas vidas, as voltas que ela dá, perceberemos tantas destas dádivas. Estou em busca deste entendimento. Não fiquem preocupados comigo, se voltei a escrever, a me comunicar, já estou caminhando para a melhora. Em breve estarei 100%. Obrigada por cada demonstração de carinho, por cada mensagem dizendo sentir saudades. Vocês são muito especiais!

Fiquem com Deus, dias melhores sempre nos chegam, mas precisamos estar abertos para recebê-los, e aceitá-los. 

Beijos a todos,
Tati.

26 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Tati
Todos temos a "sombra" que precisa ser integrada à nossa vida.
Este é o teu período e com ele a reflexão é necessária.
Aproveite este momento pois ele é a mola propulsora para todo o bem que está por vir.
E, sim...hoje agradeço a Deus por não ter atendido várias súplicas que fiz no passado.
Tudo vem como deve vir, no momento certo.

Beijinho

Chica disse...

Que bom que pediste ajuda e encontraste.Norma é fabulosa mesmo e amigos são pra isso.

Fico feliz que tenhas tido força e que agora, com certeza, te encontraste novamente!

beijos, na torcida,chica

Karol Nascimento disse...

Acho que todos passamos por momentos difícieis, de isolamento, de muitas perguntas sem respostas. Fico feliz por saber que vc está melhor.
Fique com Deus!

Marli Borges disse...

Ei Tati,
É isso aí, amiga, volte, aos poucos. A vida é um processo. Tenho certeza que o sol encobrirá as sombras no momento certo, desde que você ajude, naturalmente. Mas não se isole, o mundo está girando e a vida palpita em seu coração. E sua familia está bem aí, ao seu lado, juntinho com você...uma tábua de salvação. Agarre-se a ela e mergulhe na felicidade. Bjssss

lolipop disse...

Oi amiga!
Também já tive momentos assim...ás vezes não temos força para sair deles sem ajuda...outras há um clique, qualquer coisa dentro de vc que te traz de volta...
Espero que esse clique aconteça rápido.
Um abraço apertado
Força aí, tá?

Tatiane Garcia disse...

Chará, todos temos momentos ruins...não sucumbir é o que devemos fazer!!!
torço pela sua "recuperação" e volta a carga no blog e principalmente na tua vida!!!
Seja feliz querida!!!
bjoks saudosas!!

Regina Coeli disse...

Olá minha Menina Querida,

Vim trazer para você um beijinho doce,
um cafuné e um cheiro...
Hoje desde cedo estou cantarolando:
"Viver e não ter a vergonha de ser feliz... Cantar e cantar e cantar... A beleza de ser um eterno aprendiz...
Eu fico com a pureza da resposta das crianças, é a VIDA, é bonita e é bonita!!"
Com afeto,
Regina Coeli

Leci Irene disse...

Boa sorte, menina! use e abuse também das vitaminas que existem nos abraços e beijos da familia!!!!!

Beth/Lilás disse...

Bom dia, Tati querida!
Realmente senti sua ausência e, para não ser intransigente neste momento delicado, fui simplesmente esperando sua volta.
Vejo que buscou ajuda, se colocou à disposição de ser ajudada e tem acompanhado essas mudanças em sua vida. Isso é bom.
Meu desejo é que retome sua vida e sua família com a alegria que sempre empreendeu e que demonstrou por aqui, e que tudo se resolva da melhor forma para você e todos à sua volta.
Estaremos aqui para te dar sempre apoio e ler suas palavras sempre tão bem escritas.
Fica bem, fica na paz!
beijos e abraços, cariocas.

Nilce disse...

Fica bem primeiro querida para depois voltar com calma.
Todos nós temos nossas fases de recolhimento.
Estaremos aqui te esperando com saudades.

Bjs no coração!

Nilce

Cantinho She disse...

Oi querida, tudo que quero dizer no momento é que esse seu post tem tudo a ver comigo...
Fique bem... ;)


Beijo, beijo!
She

Lúcia Soares disse...

Tati, passo por esses momentos, não tenho ânimo, sorrio, falo, escrevo, tudo no automático.
Às vezes me envergonho, pois não tenho motivos reais para estar assim, mas é mais forte que eu.
Primeiro, cuide-se.
Depois as coisas melhorarão.
Hoje vocês, mais jovens, estão passando por muitas cobranças, têm que se desdobrar em tudo, são mulheres/esposas/mães/profissionais/donas-de-casa/amantes/lindas/magras/maravilhosas.
É muita coisa e as cabecinhas sensíveis como a sua se ressentem e se cobram muito.
Aproveita a época, que é de reflexão, entregue-se nas mãos Dele e tudo se ajeitará.
Acredito nisso. Por isso sei que vou melhorar e sempre dar o melhor de mim aos meus.
Você também fará assim.
Beijo!

Fala, Mãe! disse...

Tati querida
Ando olhando por aí, inclusive no meu blog andei escrevendo sobre, as pessoas andam meio pra baixo com esse fim de ano, é normal muito expectativas não foram alcançadas, mas em compensação, coisas inesperadamente boas também aconteceram, sempre acontecem! Gostei muito dessa frase que vc escreveu sobre as preces não atendidas, certamente nos salvam de cada uma...Estamos no mesmo barco querida, vamo que vamo e que chegue logo esse ano novo porque esse já deu neah rs? Seguimos com fé!
beijo

Andreia Lica disse...

Tati,

Acho que o mais importante vc fez, que foi reconhecer que existe um problema e soube pedir ajuda, nada é facil e o mundo não é colorido todos os dias, mas cabe a nós tbm darmos uma pitadinha de cor nele. Muitos são os problemas, mas não se deixe abater por eles, reaja, olhe para o mundo la fora e veja que o Sol brilha todos os dias e nos da a chance de viver, viva, e tente viver da melhor forma possível, pois o amanhã é incerto.

Bjão

Tatiana disse...

Tati querida!!!
Que saudaaaaades estava de voce,eu tambem fiquei sem entrar por causa da mudança e vim correndo saber de voce!!!
Aiii...amiga, existem umas fases na vida da gente que sao foooo#$%as mesmo, mas voce vai superar!!!
Nao se feche muito porque torna o processo ainda mais dificil,provavelmente pelo fato de voce ter escrito esse texto lindo, ja esta sentindo alguma vontade de se abrir,que bom!!!
Pode contar comigo viu???
Beijocas!!!

Astrid Annabelle disse...

Tati que bom encontrar você dando notícias!
Sabe, quando eu tenho estes momentos de ficar para dentro, sem vontade de participar do mundo, eu começo a me lembrar de momentos completamente opostos, onde estive aberta e muito alegre e feliz...
Sabe que ajuda?
Experimente se quiser...
Um beijo grande minha menina querida! Tudo passa nessa vida...tudo!
Astrid Annabelle

Cacá disse...

"Alimente a força do espírito
que o protegerá no infortúnio inesperado,
mas não se desespere com perigos imaginários.
Muitos temores nascem do cansaço e da solidão,
e a despeito de uma disciplina rigorosa,
Seja gentil para consigo mesmo.
Você é filho do Universo,
irmão das estrelas e árvores.
Você merece estar aqui.
Portanto, esteja em paz com Deus
como quer que você o conceba
E quaisquer que sejam seus trabalhos e as aspirações,
na fatigante jornada pela vida,
mantenha-se em paz com sua própria alma,
Acima da falsidade, dos desencantos e arduras,
O mundo ainda é bonito.
Seja prudente e faça tudo para ser feliz!"

Tirei da "Desiderata" e lhe ofereço, Tati. Meu abraço. Paz e bem.

Cris França disse...

Tati

eu espero de coração
que essa fase passe
e que você passe por ela
com toda a tua graça
com toda a tua alegria
com toda a tua leveza

e se precisar
sabes que estou aqui

bjs minha querida

manuel marques disse...

Tudo de bom para você.

Abraço.

Meri Pellens disse...

Força aí, queridona. Você é muito querida por nós aqui.
Beijo na alma!

Maria Célia disse...

Boa noite, Tati
Tenha fé em Deus que estes momentos ruins vão passar. O importante é que você se conscientizou que precisava de ajuda profissional, foi em busca
e encontrou.
Vai passar, creia nisto.
Beijo.

Denise disse...

Foi muito bom te ver - e saber que no teu tempo e medida, está andando, e está bem. Os movimentos que fez mostra a Tati que a gente já conhece, e admira e gosta tanto!!
Com tantos pedacinhos de corações deixados, aqui, desejo que o teu se sinta aquecido.
Bjo, minha linda!

Isadora disse...

Tati, minha amiga, espero que as conversas, o colo de mãe e o afeto em abundância ajude. De qualquer forma é uma batalha nossa e apenas nossa. Todos podem nos estender as mãos, mas somente nós poderemos segurá-las.
Acredito, sinceramente, que o que nos acontece é sempre o melhor, ainda que no exato momento não consigamos entender, um pouco mais a frente olhamos para trás e vemos como foi bom não termos sido atendidos.
Estou por aqui e qualquer coisa grite, ou melhor, ligue!!!
Um beijo

LILIANE disse...

Tati, minha florzinha
é maravilhoso perceber que nos momentos difíceis encontramos a mão providente de Deus que nos alcança através dos nossos amigos, parentes, marido e filhos.
Você é especial, querida, amada, generosa, sábia e amada por Deus.
Tudo tem o seu momento para acontecer e depois de um dia de chuva sempre vem o sol.
O sol não deixou de existir. Está presente.
Querida, senti tua falta, penso muito em você e oro por você, pelo Vi, pelo Bê e estarei sempre por aqui.
Seja amorosa contigo neste momento, não se cobre tanto.
Duvide dos pensamentos oportunistas e negativos que insistem em aparecer nos momentos difíceis,
esteja aberta para receber ajuda e acredite, é uma fase, vai passar.
Com um carinho enorme, deixo o meu abraço para você.
Fica bem...
se precisar de algo que eu possa fazer por você, me deixa saber, tá.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Tati, muito bom seu post.
Talvez quantos não se identificaram com o momento que vc viveu...e acordaram também para recorrer a alguma ajuda, pedir um conselho, até mesmo rezar ou mentalizar coisas positivas?

só não brigue com vc mesma, viu? todos erramos, todos temos muita coisa que não sabemos, todos fazemos coisas erradas (e quase sempre sem intenção)
o bonito é isso, estar disposto a aprender, ter a nobreza de alma em agradecer. isso sim, é evolução!

boa sorte e muita luz nos seus caminhos, pra vc e sua família, vcs merecem!
bjs

Mariana Hart disse...

Nossa Tati, amei a frase! É muito certo o que diz na música! Que apesar de melancólica é linda, eu não conhecia. Espero que vc se reencontre e fiquei em paz com vc mesma logo! As vezes esse tempo é bom sim!

Beijão!=)